5.11.08

OBA!

ufa!

quem ai não estava torcendo?

torcendo é a palavra, porque era imprevisível, sim.


mas se tem duas coisas sensacionais que podem ser tiradas dessa campanha presidencial dos EUA, uma, com certeza, é o poster OBAMA POR OBEY (edição esgotada, obviamente)


(clique aqui para ir ao obey)



e a outra é o set list de músicas preferidas dos candidatos.
Obama ganha de lavada, apesar do U2 ali no meio

1. Ready or Not - Fugees
2. What's Going On - Marvin Gaye
3. I'm On Fire - Bruce Springsteen
4. Gimme Shelter - Rolling Stones
5. Sinnerman - Nina Simone
6. Touch the Sky - Kanye West
7. You'd Be So Easy to Love - Frank Sinatra
8. Think - Aretha Franklin
9. City of Blinding Lights - U2
10. Yes We Can - will.i.am

ouça aqui

acho que com todo esse folk que anda caindo como gotas de orvalho por ai, nós vamos é entrar numa era hippie.
apesar de eu prefrir que fosse algo mais black panthers.
mas não se pode ganhar todas.

2 comentários:

Alessandra para os ñ íntimos disse...

Efetivamente que não se pode ganhar todas mas no caso de Oba-Oba-Obama (sorry, ñ pude evitar) e algum tropecinho musical perdoável, estou bem segura exceto que me equivoque (menuda contradição) que seus passos em direção à Casa Branca devem de ser sido duros para ele porém, um passo enorme para a humanidade e/ou para os estado unidenses (aqui em Espanha os chamamos assim, em tupiniking confere?). Depois de 4 anos ainda não consigo entender como eles tropeçaram na mesma pedra texana por segunda vez, no obstante, acredito que o grande passo foi dar-se conta do desastroso que foi o repeteco anterior e buscar o cambio. Se deram conta dos 8 anos jogados no lixo e que serão desafortunadamente memoráveis nos capítulos mais negros das enciclopédias mundiais e assim, se disculparem com suas consciências e com a das vítimas de tão nefasto governo. Obama devolveu ao dia seguinte a ligação de Zapatero, congratulações e retomada das relações bilaterais incluídas, algo que em 4 anos este pedaço de merda ressentido do Bush não fez por ver-se, como um menino mimado, como ZP retirava as tropas do Iraque, aquelas mandadas pelo amiguete Aznar. Creio que em casos como os que se prognosticam, deveria haver a possibilidade de um governo de 12, 16 anos para os que vão com a honestidade como bandeira de campanha !

lee disse...

uh! é Lê, também nunca me conformei com o fato de que o mundo precisasse passar pela era Bush por causa de uma eleição desatrosa. mas enfim, não que eu confie totalemnte no sujeitinho siompático ai em cima, mas que é beeeem melhor, ah, isso sem dúvida.